En - Pt

EFQM

SHARES WHAT WORKS

A EFQM está empenhada em apoiar as organizações na promoção da melhoria através da utilização do Modelo de Excelência da EFQM, uma ferramenta de gestão abrangente utilizada por mais de 30 000 organizações na europa. Durante os últimos 20 anos, gerimos o desenvolvimento deste Modelo, incorporando as experiências e aprendizagens destas organizações para assegurar que este reflete a realidade.

Para o ajudar, a si, a implementar o nosso Modelo, disponibilizamos formação, ferramentas de avaliação e reconhecimentos. Mas o nosso talento real advém da integração, no nosso portefólio, das boas práticas recolhidas junto das organizações. A EFQM, uma Fundação sem fins lucrativos, tem por objetivo “partilhar o que funciona”, através de casos de estudo, seminários online, grupos de trabalho, conferências e eventos temáticos, alimentando uma rede de organizações world-class, e respetivos líderes, que partilham a paixão pela excelência organizacional.

Na EFQM acreditamos que o Modelo é uma ferramenta comum que nos ajuda, a todos, a melhorar o nosso negócio. Partilhar o entusiasmo dos nossos membros, a sua motivação e os resultados que alcançam, é este o nosso trabalho, na EFQM.

O MODELO DE EXCELENCIA DA EFQM

AS BASES DO MODELO

O Modelo de Excelência da EFQM tem por base um conjunto de valores europeus, os quais foram expressos, pela primeira vez, na Convenção Europeia dos Direitos Humanos (1953) e na Carta Social Europeia (revista em 1996). Este tratado foi ratificado pelos 47 Estados-Membros do Conselho da Europa e os seus princípios encontram-se incorporados nas legislações nacionais.

Os Conceitos Fundamentais da Excelência assentam nestes direitos humanos fundamentais, presumindo a sua aplicação universal.

Organizações excelentes alcançam e mantêm níveis notáveis de desempenho que satisfazem ou excedem as expetativas de todos os seus stakeholders.

A NECESSIDADE DE UM MODELO

Independentemente do setor, dimensão, estrutura ou maturidade, para que as organizações tenham sucesso necessitam de estabelecer um sistema de gestão apropriado. O Modelo de Excelência da EFQM é uma ferramenta prática, não prescritiva, que permite às organizações:

  • A valiarem a sua posição no caminho para a excelência
  • Uma base para uma linguagem comum e forma de pensar a organização
  • Integrar iniciativas planeadas com as existentes
  • Uma estrutura de base para o sistema de gestão da organização.

EFQM PARCEIRO EM PORTUGAL

Associação Portuguesa para a Qualidade
Pólo Tecnológico de Lisboa
Rua Carlos Alves N.3
1600-515 Lisboa
Portugal
Tel : +351 214 996 210
Email: geral@apq.pt
http://www.apq.pt

 


RECOGNITION BOOK 2014

 

 

 

 

 

 

 

 

© EFQM - www.efqm.org - info@efqm.org

 

 

En - Pt

O MODELO DE EXCELENCIA DA EFQM

Embora existam inúmeras ferramentas e técnicas de gestão normalmente utilizadas, o Modelo de Excelência da EFQM proporciona uma perspetiva holística da organização e pode ser utilizado para determinar como esses diferentes métodos se encaixam e se complementam. O Modelo pode, assim, ser usado em conjugação com quaisquer dessas ferramentas, dependendo da finalidade e das necessidades da organização, como uma estrutura global para o desenvolvimento da excelência sustentável.

Organizações excelentes alcançam e mantêm níveis notáveis de desempenho que satisfazem ou excedem as expetativas de todos os seus stakeholders.

Todas as organizações ambicionam ser bem sucedidas, algumas fracassam, outras conseguem períodos de sucesso mas acabam no final por desaparecer e, são poucas as que alcançam o sucesso sustentado, obtendo por isso o merecido respeito e admiração.

A EFQM foi constituída para promover e reconhecer o sucesso sustentado e proporcionar orientações aos que procuram alcançá-lo. Isto é concretizado através de um conjunto de três componentes integrados, que inclue o Modelo de Excelência da EFQM:

  • Os Conceitos Fundamentais da Excelência: Os princípios subjacentes, os quais constituem o alicerce essencial para qualquer organização alcançar a excelência sustentada.
  • O Modelo de Excelência da EFQM: Uma estrutura que ajuda as organizações a converter na prática os Conceitos Fundamentais e a lógica do RADAR.
  • A lógica do RADAR: Uma estrutura de avaliação dinâmica e uma poderosa ferramenta de gestão que fornece os elementos fundamentais que dão suporte a uma organização, uma vez que aborda os desafios que esta terá de ultrapassar se pretender concretizar a sua ambição de alcançar a excelência sustentada.

A utilização destes três componentes integrados ajudou organizações, de todas as dimensões e setores de atividade, a compararem-se com os atributos, qualidades e realizações de organizações sustentáveis. As organizações podem usá-los para desenvolver uma cultura de excelência, dar consistência ao seu estilo de gestão, aceder a boas práticas, conduzir a inovação e melhorar os seus resultados.

Quando utilizado adequadamente, o Modelo de Excelência, associado à lógica do RADAR e aos Conceitos Fundamentais, assegura que todas as práticas de gestão de uma organização formam um sistema coerente, que é melhorado continuadamente, e que suporta a execução da estratégia pretendida para a organização.

A versão 2013 do Modelo da EFQM, da lógica do RADAR e dos Conceitos Fundamentais, assentam em anos de experiência e têm em consideração os desafios, atuais e futuros, de uma organização.

 

 

© EFQM - www.efqm.org - info@efqm.org

CONCEITOS FUNDAMENTAIS

CRITERIOS

LOGICA DO RADAR

 

 

 

En - Pt

OS CONCEITOS FUNDAMENTAIS DA EXCELENCIA

 

ACRESCENTAR VALOR PARA OS CLIENTES

Organizações excelentes acrescentam, consistentemente, valor para os seus clientes, através da compreensão, antecipação e satisfação das suas necessidades, expetativas e oportunidades.

CONSTRUIR UM FUTURO SUSTENTAVEL

Organizações excelentes produzem um impacte positivo no mundo ao seu redor, ao melhorarem o seu desempenho, ao mesmo tempo que desenvolvem as condições económicas, ambientais e sociais das comunidades com as quais contatam.

DESENVOLVER A CAPACIDADE ORGANIZACIONAL

Organizações excelentes reforçam as suas capacidades através de uma gestão eficaz da mudança, tanto no seu interior como para além das fronteiras organizacionais.

APROVEITAR A CRIATIVIDADE E A INOVACAO

Organizações excelentes geram aumentos do valor e dos níveis do desempenho através da melhoria contínua e da inovação sistemática, aproveitando a criatividade dos seus stakeholders.

LIDERAR COM VISAO, INSPIRACAO E INTEGRIDADE

Organizações excelentes têm líderes que moldam o futuro e fazem-no acontecer, atuando enquanto modelos a seguir dos valores e ética da organização.

GERIR COM AGILIDADE

Organizações excelentes são amplamente reconhecidas pela sua capacidade de identificarem e responderem, eficaz e eficientemente, às oportunidades e ameaças.

TER EXITO ATRAVES DO TELENTO DAS PESSOAS

Organizações excelentes valorizam as suas pessoas e criam uma cultura de empowerment para a concretização, tanto dos objetivos organizacionais, como dos pessoais.

SUSTENTAR RESULTADOS NOTAVEIS

Organizações excelentes alcançam resultados sustentados notáveis que vão ao encontro das necessidades, tanto de curto como de longo prazo, de todos os seus stakeholders, no contexto dos seus ambientes operacionais.

CONCEITOS FUNDAMENTAIS

CRITERIOS

LOGICA DO RADAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© EFQM - www.efqm.org - info@efqm.org

 

 

En - Pt

OS CRITERIOS

 

1. LIDERANCA

Organizações excelentes têm líderes que moldam o futuro e fazem-no acontecer, atuando enquanto modelos a seguir dos valores e ética da organização, inspirando sempre confiança. São flexíveis, permitindo à organização antecipar e reagir, em tempo útil, assegurando o sucesso continuado da organização.

2. ESTRATEGIA

Organizações excelentes implementam a sua Missão e Visão através do desenvolvimento de uma estratégia focalizada nos stakeholders. Políticas, planos, objetivos e processos são desenvolvidos e desdobrados para executar a estratégia.

3. PESSOAS

Organizações excelentes valorizam as suas pessoas e fomentam uma cultura que permite alcançar, de forma mutuamente benéfica, os objetivos organizacionais e pessoais. Desenvolvem as capacidades das suas pessoas e promovem a equidade e igualdade. Assistem, comunicam, reconhecem e recompensam as pessoas, de uma maneira que as motiva, gera o seu envolvimento e incentiva-as a utilizarem as suas capacidades e conhecimentos em benefício da organização.

4. PARCERIAS E RECURSOS

Organizações excelentes planeiam e gerem as parcerias externas, os fornecedores e os recursos internos de forma a apoiarem a sua estratégia, políticas e a eficaz operacionalização dos processos. Asseguram que gerem eficazmente o seu impacte ambiental e social.

5. PROCESSOS, PRODUTOS AND SERVICOS

Organizações excelentes concebem, gerem e melhoram os processos, produtos e serviços, de forma a gerar valor acrescentado para os clientes e outros stakeholders.

6. RESULTADOS CLIENTES

Organizações excelentes alcançam resultados sustentados notáveis que vão ao encontro, ou excedem, as necessidades e expetativas dos seus clientes.

7. RESULTADOS PESSOAS

Organizações excelentes alcançam resultados sustentados notáveis que vão ao encontro, ou excedem, as necessidades e expetativas das suas pessoas.

8. RESULTADOS SOCIEDADE

Organizações excelentes alcançam resultados sustentados notáveis que vão ao encontro, ou excedem, as necessidades e expetativas dos stakeholders relevantes da sociedade.

9. RESULTADOS DO NEGOCIO

Organizações excelentes alcançam resultados sustentados notáveis que vão ao encontro, ou excedem, as necessidades e expetativas dos seus stakeholders do negócio.

CONCEITOS FUNDAMENTAIS

CRITERIOS

LOGICA DO RADAR

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© EFQM - www.efqm.org - info@efqm.org

 

 

En - Pt

LOGICA DO RADAR

 

A lógica do RADAR constitui uma estrutura de avaliação dinâmica e uma poderosa ferramenta de gestão que proporciona uma abordagem estruturada para questionar o desempenho de uma organização.

Ao nível mais elevado, a lógica do RADAR estabelece que uma organização necessita de: „„

  • Determinar os Resultados que espera alcançar como parte da sua estratégia.
  • Planear e desenvolver um conjunto integrado de Abordagens sólidas para alcançar os resultados requeridos, tanto no presente como no futuro.
  • Desdobrar as abordagens de uma forma planeada para garantir a sua implementação.
  • Avaliar e refinar as abordagens implementadas, através da monitorização e análise dos resultados alcançados e das atividades de aprendizagem realizadas.

CONCEITOS FUNDAMENTAIS

CRITERIOS

LOGICA DO RADAR

 

 

 

© EFQM - www.efqm.org - info@efqm.org